24 de jan de 2011

Conheça Erikka Supernova.

Pra quem  achava que o Brasil não tinha capacidade de fazer música pop é por que não conhece a Erikka Supernova, que é a mais nova aposta da Warner Music Brasil. Eu creio que se eles estão apostando nela, eles irão ganhar. Ok, isso não se trata de um jogo mas é que o "mercado musical" é tão, digamos concorrido, que num lugar como o Brasil que você vê músicas totalmente trash fazendo sucesso que quando surge uma cantora assim, você realmente pode dar carta branca a ela. E eu dou.
Ela realmente parece ter um que de Lady GaGa com Carmem Miranda, mas com um toque super original misturando o pop/eletronica/samba. Eu gostei.
Eu consigo imaginar ela no meio da Lorena Simpson e da Wanessa com uma arma apontando para as duas como numa cena daqueles  filmes que se passam no velho-oeste... mas não sei por que, risos.

N/A: Eu curto a Lorena Simpson, acho as músicas dela super tendencia... já a Wanessa, eu estou curtindo ela nessa fase mais pop dela, porque antes ela não passava de uma mulherzinha sem sal e açúcar.
Mas voltando a Erikka Supernova, ela tende a fazer sucesso no Brasil já que estamos passando por uma fase em que a cena pop tende a crescer aqui em terras brazucas.Wanessa e Lorena Simpson que se cuidem, risos.
Vejam o clipe da música Aumenta O Som Que Eu Vou Dançar aumentem o som e se joguem na pista! ;*


A música retrata uma pessoa em uma balada com todas as coisas que a pista de dança te da direito. O clipe mostra a gata se jogando na dança na grande São Paulo em pleno transito mantendo uma interação com os pedestres que eu achei incrível.

Erikka, nos veremos na próxima vez que você vier pra Mixed Club, em São José do Rio Preto! *-* Perdi a primeira vez, mas a segunda eu não perco! ;)

@ErikkaSupernova

2 comentários:

Muller disse...

sei naum c.c moça estranha, kkkkkkkkk
infelizmente naum deu pra ouvir por que to sem caixa de som aqui w.w mas valew a dica, depois pesquiso mais sobre a pessoa o/

http://tabernadoviking2.blogspot.com

Willians disse...

Era exatamente o que o Brasil tava precisando, uma cantora pop/eletrônica porém abrasileirada. Só não sei se vai pra frente, já que os brasileiros acham que esse tipo de música é boa só se for estrangeira.